quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A independência da América inglesa


1.Treze Colônias, uma nação
- Colônias separadas coceberam um projeto coletivo e aproximaram-se em uma confederação de Estados, mais tarde evoluiu para uma unidade política federativa.
- A crise nas Treze Colônias foi precipitada pela adoação, por parte da Coroa britânica, de medidas coercitivas que intendificavam o controle sobre o comércio norte-americano e atlântico.

1.1. Dominação X Resistência
- As medidas de restrição foram adotadas a partit de fatores de ordem estrutural (Revolução Industrial) e conjuntural (Guerra dos Sete Anos).
- As Treze Colônias foram vitoriosas na Guerra dos Sete Anos: livrando-se das ameaças da França, adquirindo armas, munições e farta experiência bélica.
- Tratado de Paris (1763): transformou um antigo adversário dos colonos em um aliado em potencial.

1.2. As leis proibitivas
- Lei do melaço (1733): impôs uma tarifa poibitiva ao melaço procedente de territórios não-ingleses.
- Lei do Selo (1765): estaleceuu que todos os documentos legais e oficiais em circulação nas colônias eram obrigados a receber selos provinientes da metrópole.
- Festa do Chá de Boston (1773): os colonos, disfarçados de índios, jogaram ao mar carregamentos de chá trazidos pela Companhia das Índias.
- Leis Intoleráveis (1774):
* Lei do Porto de Boston: fechava o porto até o pagamento integral do chá lançado ao mar.
* Lei do Abooletamento: odernado às autoridades que dessem alojamento adequado aos soldados ingleses.
* Lei de Quebec: garantia aos habitantes franceses do Canadá a liberdade de religião e costumes.
- Primeiro Congresso Continental da Filadélfia (1774): pediu o fim das medidas restritivas ao desenvolvimento das colônias.
- Segundo Congresso Continental da Filadélfia (1776): liderança de Thomas Jefferson, foi regida a Declaração Unânime dos Treze Estados Unidos da América (a Declaração de Independência).
- As lutas estenderam-se até 1783, quando o governo britânico reconheceu, pelo Tratado de Versalhes, a independência dos Estados Unidos da América.

2 comentários: